MOVIMENTO E EXISTÊNCIA DESDE O UNO EM PLOTINO: CONTRIBUIÇÕES PITAGÓRICAS

Vincular Plotino aos Pitagóricos não é novidade; acredita-se numa “conexão” que passa por ideias associadas ao Uno, à figura de Apolo, à simbologia do Sol, à música, ao modo de viver. Plotino foi celibatário, vegetariano, moderado no comer e no beber, desapegado de posses individuais e um advogado dos valores da amizade e da comunalidade. Revisitamos algumas sugestões oferecidas por Aleksey Fedorovich Lósev no livro Cosmos Antigo e Ciência Contemporânea (1927), a partir das quais procedemos a uma investigação de possíveis linhas de associação – passando por uma conformação ao “ensinamento indireto” de Platão – entre o pensamento de Plotino e o dos pitagóricos no que concerne ao papel dos números na explicação do movimento que cria e sustém a existência.

Ver artigo completo                                                                                                     Edrisi Fernandes

Deixe uma resposta